quarta-feira, 2 de março de 2011

Assédio Moral- BULLYING ADULTO

..."O assédio moral no ambiente adulto assume inúmeras variações, que respeitam o contexto específico onde ele ocorre. Trata-se de uma forma de abuso, que usa de subterfúgios para tentar destruir o objeto escolhido. A "fofoca" transforma-se na intriga, na invencionice e na maledicência. Os limites entre o público e o privado são abandonados e desconsiderados. As pessoas são atacadas de acordo com os preconceitos acreditados. São pressionadas, admoestadas e maltratadas, sem que isto se relacione de modo direto com as atividades que desenvolvem.

Há sempre objetivos não revelados nestes ataques. A variação é muito grande. Há quem tenha prazer pessoal sádico enlouquecido de agir assim, destruindo pessoas.
O ódio pode ser alimentado por ciúmes, invejas e demais sentimentos dos baixos instintos.
Os que praticam o Assédio Moral raramente revelam os seus verdadeiros motivos para tentar destruir alguém que está tão próximo.
Normalmente, eles projetam em seus alvos suas frustrações e incapacidades profissionais e pessoais".
Fonte:Luís Carlos Lopes.

O Bullynig adulto está em vários lugares como no Trabalho,o Vizinho,
espalhado na Sociedade e vivendo como uma pessoa comum,cometendo os seus crimes dissimuladamente,assim não é denunciado.

Age como "Cachorro Louco" dorme e acorda Babando, andando de um lado para outro a procura de uma Vítima e se a tem,fica em um pensamento "Criativo" e "Profundo" de como será o próximo ataque.

"O cão não ladra por valentia,mas sim por medo"
Provérbio Chinês.
عفا سونسيجوي!
"Covardia faz Mal à Saúde Física Psicológica e Moral"





    

                                                                                                                                

3 comentários:

  1. sofro no trabalho enao sei como enfrentar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também sofri Assédio Moral e só agora entendi que somente com ajuda -a tempo- eu poderia enfrenta-lo(Assédio).

      Excluir
  2. a 3 anos estou passando por isso, mas meu caso é diferente, fiquei com um cara casado, quando a outra parte descobriu, comecou o inferno. saiu na rua de vez em quando, e quando ela me ve comeca a intimidaçao...risadinhas na minha cara, se tem alguem com ela, ela me aponta em gestos, no mercado zomba da minha pessoa, agora começou a me xingar na rua, se entro em loja ela entra atras. e por ai vai. so que agora decidi m defender , toda vez q isso acontece eu vou a policia.

    ResponderExcluir