domingo, 25 de setembro de 2011

Preço.


Certa vez um jovem foi a um homem sábio, pedir conselhos.
O homem sábio disse que precisava fazer duas perguntas primeiro.
 Ele propôs uma situação imaginária. Ele disse - “Imagine que você nunca
seria pego e ninguém seria prejudicado. Ninguém perderia nada. Se
estas circunstâncias fossem garantidas, você mentiria por
R$10.000?” O jovem pensou um pouco e respondeu. “Sim, por R$10.000,
se ninguém soubesse e ninguém fosse prejudicado. Eu mentiria.” O
sábio balançou a cabeça e disse. “Só mais uma pergunta. Você
mentiria por dez centavos?” Furioso, o jovem indagou “Que tipo de
pessoa você acha que eu sou?” O sábio respondeu. “Eu já sei que
tipo de pessoa você é.
Estou apenas tentando estabelecer seu
preço. “

O preço de Judas foi trinta moedas de prata (Mateus 26:15).

“Quem se vende por pouco se vende por muito”,se vende não só por dinheiro”
Como o homens “da lei” para proteger alguém;
Cada um tem seu preço. Cada um tem seu
lugar de cometer o erro.. Ninguém vê e ninguém sabe. O pecador escapa da humilhação
de ter que enfrentar suas iniqüidades e ainda se engana com a idéia
de que "não houve vítima". Houve. E a vítima foi ele.
                                                                                                                                      
                                                                                                        

Nenhum comentário:

Postar um comentário